Essência Barra - RJ

Marilia e sua Essência

Marília.

Do batom vermelho.

Do vermelho.

Eles passarão.

Ela passarinho!


Marília.

Que vem de soberana.

Soberana de si!

Apropriada de si.

Apropriada de seu lugar no mundo.

De sua voz.


Marília.

A que declara amor por si mesma.



"Meu bem...

Não quero o que a cabeça pensa

Eu quero o que a alma deseja

Arco-íris, anjo rebelde

Eu quero o corpo, tenho pressa de viver


Mas quando você me amar

Me abrace e me beije bem devagar

Que é para eu ter tempo

Tempo de me apaixonar

Tempo para ouvir o rádio no carro

Tempo para a turma do outro bairro ver e saber que eu te amo


Meu bem, o mundo inteiro está naquela estrada ali em frente

Tome um refrigerante, coma um cachorro-quente

Sim, já é outra viagem

E o meu coração selvagem tem essa pressa de viver"